L'autre Information A outra Informação
La Une
France Monde
Éditorial
Reportage TV
PhotoPress
Locales
News Culture
Politique
AgoraPress TV VIDEO
Rédaction
CULTURA
© Crédits photo A Dias
Association de journalistes de presse indépendante multimédia
2005/2020 ®©
AgoraPress a outra informação
redaction@agorapress.fr
Prévisions pour la journée

GOVERNO VAI APRESENTAR NO PARLAMENTO RELATÓRIO SOBRE VOTO ELETRÓNICO PARA ELEIÇÃO DO CCP

© Crédits photo A Dias

@agoraimprensa

O Governo, através da Secretaria de Estado das Comunidades e da Secretaria de Estado da Administração Interna, irá apresentar na Assembleia da República os estudos para a realização da experiência piloto de uma votação eletrónica remota para a próxima eleição dos membros do Conselho das Comunidades Portuguesas, afirmou ontem, na audição regimental na Comissão dos Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas, o ministro Augusto Santos Silva, em resposta a uma questão do deputado do PS, Paulo Pisco.

O deputado do PS quis saber se a experiência piloto era mesmo para avançar, visto estarem a decorrer trabalhos relativos à preparação da utilização do voto eletrónico, a título experimental, para a eleição dos conselheiros das comunidades.

Em princípio, a experiência piloto irá realizar-se em apenas um país do círculo eleitoral da Europa.

O relatório que será apresentado na Assembleia da Repúblico foi feito com base nos trabalhos desenvolvidos pelo grupo de trabalho especificamente criado para analisar a forma de realizar, de forma segura, a experiência piloto de voto eletrónico para a eleição dos membros do Conselho das Comunidades Portuguesas, constituído pela Secretaria de Estado da Administração Interna, Secretaria de Estado das Comunidades, serviços da Administração Eleitoral, DGACCP e Agência para a Modernização Administrativa. A Comissão Nacional de Proteção de Dados será igualmente chamada a acompanhar o processo.

Assembleia da República, 12 de maio de 2021

MOVIMENTO TAMBÉM SOMOS PORTUGUESES
© Crédits photo A Dias (vue aérienne de Porto avec fleuve Douro que douche sur la mer (atlantique)
@redactionagorapresstv
O TSP (Movimento Também Somos Portugueses) continua a desenvolver um extenso trabalho na defesa da possibilidade de o voto digital vir a ser uma realidade para os portugueses que residem no estrangeiro.
Após as eleições Presidencais que resultaram na reeleição de Marcelo Rebelo de Sousa e no seu discurso de vitória, o Presidente da República salientou a necessidade de se rever o método de votação dos portugueses emigrados favorecendo a ideia do voto postal para as eleições presidenciais.
O TSP composto por portugueses a residir em diversos países, acolheu com satisfação o pensamento do Presidente da República considerando porém, que o voto postal que aconteceu nas eleções legislativas anteriores teve muitos problemas.
Na linha do que aconteceu com as eleições legislativas, vários portugueses foram impedidos de votar. Em alguns países como o Reino Unido a mudança de residência é frequente, vários portugueses ficaram impedidos de votar dada a exigência de sessenta dias para actualização de morada prazo que, em muitos casos se mostra demasiado curta se levarmos em conta o tempo que os consulados exigem para o atendimento.
O TSP teve oportunidade de reunir com a equipa do Palácio de Belém, com Berta Nunes, Secretária de Estado das Comunidades, Antero Luís, Secretário de Estado Adjunto e da Administração Interna, e Paulo Mauritti, vogal do Conselho Diretivo da Agência para a Modernização Administrativa e com grupos parlamentares a quem tem exposto as suas preocupações. …
Criado em 2015, este Movimento tem continuamente referido um teste piloto do voto digital para a eleição dos conselheiros em todo o Mundo que se espera decorra até ao final de 2021.
A generalidade dos deputados contactados pelo movimento TSP tem mostrado sensibilidade para a questão dos portugueses que têm que se deslocar por grandes distâncias (por vezes milhares de kilometros) e sobre o peso que estas dificuldades levantam nos números da abstenção.
O Movimento TSP esteve na origem da Lei que torna o recenseamento automático na emissão do Cartão de Cidadão na emigração que levou a considerar o resgisto de mais de um milhão e 500 mil portugueses recenseados no estrangeiro.
O PSD apresentou uma proposta de opção por voto pela via postal para emigrantes nas eleições presidenciais e europeias que o Movimento TSP considera como mais um passo acrescentando que só o voto digital poderá ser uma solução satisfatória para os portugueses a residir no estrangeiro.
Londres, 20 de Março de 2021.
Pela equipa de imprensa: Alcino Francisco Carlos Alves Paulo Custódio
SOURCE : APF, TV PORTUGAISE
NOS SUIVRE AUSSI
Antonio Dias Facebook et Dias Antonio (@agoraimprensa) / Twitter
Mais artigos
AGORAPRESS TV

EDITORIAL
PHOTOSPRESS
Caros Camaradas,

Lisboa, 28 de abril de 2021
Os tempos são exigentes e pedem a nossa presença atenta. Temos desafios importantes pela frente, como a afirmação dos nossos valores e ideais, as respostas à
necessidades e expectativas das nossas comunidades, a dinamização das secções, o pós-pandemia, o combate às forças de
extrema direita ou a realização do próximo congresso do PS.

Enquanto não dispomos ainda de liberdade total de mobilidade e de nos reunirmos
presencialmente, vamos agora dar início a um conjunto de reuniões digitais com os militantes de cada secção para discutirmos estes e outros assuntos. Até aqui temos realizado algumas reuniões temáticas com os coordenadores das secções e com convidados. Agora queremos fazer estas discussões entre militantes da mesma secção.

No próximo sábado, dia 1 de maio, vamos reunir com os militantes da secção de Paris via zoom, com uma ordem do dia a definir pela própria secção, presidida pelo nosso camarada António
Oliveira.
Pedia assim a todas as secções que vissem com os seus militantes quem pode participar para fazermos reuniões semelhantes. Eu estarei presente nas reuniões com as secções do PS na Europa ou naquelas em que os militantes entenderem, e o nosso camarada Paulo Porto nas secções do Círculo de Fora da Europa.
Contamos com todos para este debate inadiável e fundamental. Enviem por favor a vossa disponibilidade para a realização destas reuniões com os militantes de cada secção para mim, ppisco@ps.parlamento.pt ou para a Catarina Martins catarina@ps.pt.
Saudações democráticas e fraternas,
Paulo Pisco
Responsável pela ligação às secções do PS no estrangeiro

AGORAPRESS TV ICI

Culture
PortugalNews Rédaction